SESSÃO DO IMPEACHMENT – Notícias atualizadas

Senadores base aliada retiraram inscrições para fazerem perguntas a testemunhas de defesa de Dilma.

CUT diz ao PT que não há dinheiro para levar militantes para acompanhar impeachmen

“Cracolândia dentro do seu gabinete” – Ronaldo Caiado dispara contra Lindbergh.

Caiado diz que a base aliada abriu mão das perguntas, porque não vê de que maneira as testemunhas podem contribuir com o processo.

O horário de almoço foi antecipado e a sessão deve ser retomada após ás 13h.

O advogado da presidente afastada Eduardo Cardoso,  dispensou  a testemunha Esther Dweck, ex-secretária de Orçamento, para não expô-la a constrangimentos. Senadores pediriam suspeição.

Calheiros diz que o julgamento está parecendo um hospício e ataca Gleisi

Renan Calheiros enquadrou a senadora  Gleisi que afirmou ontem que nenhum senador tem moral para julgar Dilma Roussef.  Renan lembrou que Gleise e o marido quase foram presos. ( na realidade o marido de Gleise Paulo Brossard,  foi preso. E Gleise escapou por pouco.