Sobe para 52 o número de casos de Covid-19 ligados à Copa América

Sobe para 52 o número de casos de Covid-19 ligados à Copa América

Nesta terça, o governo atualizou o boletim sobre infecções envolvendo as delegações do torneio e funcionários de hotéis onde elas estão hospedadas. No total, 52 pessoas tiveram testes positivos para a presença do coronavírus, um aumento de 11 em comparação aos casos anunciados na segunda-feira. O número é parcial e pode aumentar ao longo dos dias.

De acordo com o Ministério da Saúde, atletas das seleções da Venezuela, Bolívia, Colômbia e Peru foram afetados. Cientistas criticam a organização do torneio no Brasil em meio à pandemia.
Testaram positivo, atletas, membros das delegações e prestadores de serviços que participam da Copa América.

Especialistas criticaram a realização da Copa América no Brasil pelo risco de aumento da contaminação, inclusive com novas variantes, já que mais de 600 pessoas de outros países e 2000 jornalistas estrangeiros entraram no Brasil para cobrir  a competição e vão estar em vários estados brasileiros e o DF.

A Argentina e a Colômbia,  com menos casos de mortes de Covid, se recusaram a realizar o evento.

JR