STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou na tarde desta quinta-feira, em plenário, o julgamento que confirmou a decisão monocrática do ministro Edson Fachin que anulou as condenações emitidas pelo ex-juiz Sergio Moro ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava-Jato em Curitiba.

O STF JÁ FORMOU MAIORIA; LULA PASSA A SER ELEGÍVEL. PLACAR PARCIAL. 08 X 03

Até agora, os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia, votaram a favor da decisão do relator da Lava Jato, que tornou Lula elegível e apto a disputar as próximas eleições presidenciais. Indicado ao cargo por Jair Bolsonaro, Nunes Marques, por outro lado, manteve as condenações contra o ex-presidente da República, o que o deixaria inelegível.

Julgaram pela incompetência de Moro o próprio Fachin, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Luís Roberto Barroso.

Nunes Marques, Marco Aurélio Mello e Fux, foram vencidos.