STF decide na próxima quarta- feira o fechamento ou abertura de templos religiosos

STF decide na próxima quarta- feira o fechamento ou abertura de templos religiosos

O presidente do STF, Luis Fux, decediu que na próxima quarta- feira 07/04, o plenário do STF vai julgar a decisão monocrática do ministro Kassio Nunes de liberar a abertura de cultos religiosos em plena pandemia.

É esperada uma  uma decisão por goleada, a favor do fechamento dos templos e uma derrota para Bolsonaro e seu indicado Kassio Cunha ao STF.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, negou nesta segunda-feira (5) pedido contra o fechamento de templos e igrejas em São Paulo, se contrapondo à decisão do ministro Nunes Marques, que neste fim de semana autorizou o funcionamento de lugares religiosos em todo país.

“Em um cenário tão devastador, é patente reconhecer que as medidas de restrição à realização de cultos coletivos, por mais duras que sejam, são não apenas adequadas, mas necessárias ao objetivo maior de realização da proteção da vida e do sistema de saúde”, afirma.

“Quer me parecer que apenas uma postura negacionista autorizaria resposta em sentido afirmativo. Uma ideologia que nega a pandemia que ora assola o país, e que nega um conjunto de precedentes lavrados por este Tribunal durante a crise sanitária que se coloca”, completou o ministro.