STF forma maioria pela prisão de André do Rap

 O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria em julgamento desta quarta-feira (14) pela manutenção da prisão do traficante e líder do PCC, André Oliveira Macedo, o André do Rap.

Seis ministros concordaram com o posicionamento do presidente da Corte, ministro Luiz Fux, no sentido da prisão. Após o voto do ministro Dias Toffoli, a sessão foi encerrada. Ela será retomada na quinta-feira (15)

Todos os cinco ministros que votaram (além de Fux) no primeiro dia do julgamento sobre a suspensão da liminar apoiaram a posição de Fux, mas frisaram que presidentes do tribunal não têm o direito de caçar decisões de colegas, a não ser em situações excepcionais — como tem sido visto esse caso. Em audiência virtual, participaram dez ministros da Corte, pois Celso de Mello se aposentou na terça-feira, 13, e ainda não foi substituído. A sessão continua nesta quinta-feira, 15, começando pela ministra Cármen Lúcia.
Já votaram: Fux, Fachin, Alexandre de Moraes, Barroso e Rosa Weber e Dias Toffoli. Placar 06 x 0.