Suspeito de invadir sistema do TSE é preso em Portugal pela PF

Suspeito de invadir sistema do TSE é preso em Portugal pela PF

A Polícia Federal (PF), com colaboração das autoridades portuguesas, deteve, neste sábado (28/11), um suspeito de hackear o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), durante o primeiro turno das eleições municipais, em 15 de novembro. A prisão foi realizada em Portugal, país onde teria partido a primeira invasão, quando o grupo conseguiu acessar dados internos de funcionários ainda em setembro, conforme as investigações. Também são feitas buscas no Brasil.

Também estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão em São Paulo e em Minas Gerais, contra os hackers brasileiros. ELES ESTÃO PROIBÍDOS DE TER CONTATO ENTRE SI POR MEDIDA CAUTELAR

A PF não chegou a pedir prisão dos brasileiros porque a legislação eleitoral impede a realização de prisões no período dos cinco dias anteriores ao pleito.

Não é absurdo pensar que BOLSONARISTAS TORCEM PARA O DESCRÉDITO DA JUSTIÇA E DOS RESULTADO DAS ELEIÇÕES.
ENTÃO ELES SÃO SUSPEITOS DAS INVASÕES DOS SITES DO STJ ,MINISTÉRIO DA SAÚDE, TRF1, TSE.
ABRE A BOCA PORTUGA…..

Até o momento, não existe provas de que os invasores tenham ligações com ideologia política.