Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Cardoso criou um dispositivo na Lei do Ficha Limpa para salvar petralhas

“Tive oportunidade de ser relator da Lei da Ficha Limpa que tem uma característica muito especial. No momento em que se discutia a lei no Congresso eu e o então deputado Flávio Dino (PCdoB, atual governador do Maranhão) percebemos que havia uma possibilidade muito ruim de que decisões tomadas por órgãos colegiados regionais pudessem afastar pessoas indevidamente. […]

“Carboso” não se cansa de fazer papel ridículo

A defesa da presidente cassada Dilma Rousseff vai recorrer da decisão do ministro Teori Zavascki e pedir para que o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) se manifeste sobre a possibilidade de manter o presidente Michel Temer na condição de interino até a análise definitiva dos recursos sobre o processo de impeachment.

Documento final da defesa de Dilma

 O A presidente afastada Dilma Roussef aposta em um documento de 673 páginas, denominado ‘contrariedade ao libelo de acusação’, para tentar se livrar do processo de impeachment que enfrenta no Senado. A peça foi entregue ao Senado às 13h37 desta sexta-feira, 12, pelo advogado José Eduardo Cardozo. Faltavam apenas três minutos para terminar o prazo […]

CIRCO PETRALHA: MARANHÃO ANULA A ANULAÇÃO

BONECO VENTRÍLOQUO DO MINISTRO DA AGU, EDUARDO CARDOSO ,O PRESIDENTE INTERINO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, WALDIR MARANHÃO,  RESOLVEU ANULAR A ANULAÇÃO DA SESSÃO DO IMPEACHMENT. AS MULHERES DO GRELO DURO (SENADORAS GLEISE E VANESSA)  DERAM CHILIQUE ONTEM NO SENADO, QUANDO O PRESIDENTE DA CASA, RENAN CALHEIROS, RESOLVEU IGNORAR A DECISÃO ABSURDA DO DESPREPARADO PRESIDENTE INTERINO […]

Eduardo Cardoso não tem medo do ridículo

O  impeachment é  julgado pela Câmara e pelo Senado. Como sabemos o Congresso faz parte do poder legislativo. Embora seja necessário existir crime de responsabilidade (  no caso de Dilma ocorreram vários crimes) o julgamento é político e não jurídico. Se fosse jurídico , o julgamento ocorreria no STF ( poder judiciário e não no […]