Se Temer é ruim, pior será a volta de Dilma

dilma_e_temer

O Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, 11, pelo Banco Central voltou a mostrar um pequeno alívio para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano. Pelo documento, a projeção passou de -3,35% para -3,30% – um mês atrás estava em -3,60%.

Para 2017, a mediana das previsões do mercado ficou novamente estacionada em +1,00% de um levantamento para o outro. Quatro semanas atrás, a pesquisa já apontava alta de 1,00%.

Existem sinais de que o país PAROU de piorar, mas a melhoria somente vai ocorrer após a saída  definitiva de Dilma. A Bolsa de valores está subindo e o dólar em baixa.

Se Temer é ruim, Dilma é muito pior. Eleições antecipadas seriam ilegais e somente poderiam ocorrer de forma legal, com a renuncia de Temer. Eleições fora de época fere a cláusula pétrea da Constituição. Com o afastamento de Dilma, o vice-presidente, Michel Temer, assume legalmente.
Especialistas  afirmam que  a saída de Dilma, o Brasil  deve fechar o ano com o dólar a $3,00 e a inflação dentro da Meta e um crescimento 0,20% do PIB.

A interinidade prejudica a credibilidade e impede de Michel Temer tomar atitudes que precisam de legitimidade e apoio do povo e do Congresso. Medidas amargas serão necessárias para salva o país do buraco deixado pelo Petismo;Comunismo/ Lulismo.

Cabe aos senadores terem responsabilidade com o país. Os crimes de Dilma são revelados diariamente. ( TRE – Campanha Eleitoral, Lava Jato), mas para o impechment, basta a comprovação já feita dos decretos sem autorização do Congresso, para se caracterizado com crime de responsabilidade fiscal. Isso está de acordo com a Constituição e a lei 1070 de 1950.

Jorge Roriz

Deixar uma resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial