Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

The Economist: A democracia brasileira está mais frágil desde o fim da ditadura.

A revista britânica The Economist produziu um relatório especial, com sete reportagens e 11 páginas, que detalha a situação de caos em que o Brasil se encontra sob Bolsonaro.

Em uma ampla reportagem sobre o Brasil, o jornal

The Economist: Bolsonaro, destacou :

“A democracia brasileira está mais frágil do que em qualquer momento desde o fim da ditadura.”

“Em relação à covid-19, Bolsonaro apoiou manifestações contra os bloqueios totais e curas de charlatões. Ele enviou aviões carregados de hidroxicloroquina para povos indígenas. Por seis meses ele ignorou ofertas de vacinas. Um estudo descobriu que o atraso pode ter custado 95 mil vidas.

Em vez de lidar com a corrupção, ele protegeu seus aliados. Em abril de 2020, demitiu o chefe da Polícia Federal, que investiga os filhos dele por corrupção. Seu ministro da Justiça pediu demissão, acusando-o de obstrução da justiça. Dias antes, Bolsonaro havia ameaçado a independência do Supremo Tribunal Federal (STF). Em fevereiro, seu procurador-geral acabou com a força-tarefa da Lava Jato.”