Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Tragédia anunciada

Em janeiro deste ano, o  secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, em entrevista ao portal  UOL que a grave crise ocorrida em Manaus ia se estender para todo o Brasil e isso foi informado ao  Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass)

No momento com lotação máxima de hospitais e recordes de mortes, a previsão se confirmou.  Em outras palavras, a tragédia foi anunciada previamente e se providencias urgentes tivessem sido tomadas, o Brasil não seria hoje uma fábrica de variantes e líder mundial de mortes diárias de Covid, inclusive podendo superar o número total de mortes dos EUA.