Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

TRE manda Bolsonaro e família retirar Twitter com mensagens falsas

Deixamos claro que não apoiamos a candidatura de Haddad e nem de Bolsonaro. Mas o fato abaixo é uma noticia real. Se o TRE mandar a campanha de Hadad retirar mentiras contra Bolsonaro, também vamos noticiar.

O TRE  concedeu uma liminar ao PT e ordenou que  Bolsonaro e seus filhos retirem imediatamente  das Redes Sociais mais  uma mensagem  falsa contra seu adversário Fernando Haddad. ( outras 35 também foram retiradas) envolvendo áudios com declarações da candidata à Vice presidente ( Manoela) com declarações ofensivas a fé religiosa.

A Decisão do TRE pode ser lida neste link:

Decisão-liminar-deferida-Fakenews-vídeo-antigo-Haddad-como-se-fosse-de-08.10

Segundo a defesa da Campanha de Hadadd  a família Bolsonaro postou mensagem falsa, em que utilizou, de forma tendenciosa e descontextualizada, um antigo vídeo do candidato Fernando Haddad de modo a transmitir ao eleitor informação equivocada.

Na mensagem aparece uma declaração de Haddad dizendo que Lula subiria a rampa do Palácio do Planalto em janeiro de 2019, como se ela tivesse sido gravada após o primeiro turno das eleições presidenciais. Isso é falso.

O vídeo original foi gravado por Haddad no dia 6 de agosto, quando Lula, na época, ainda era o candidato e usava recursos jurídicos para sair da prisão ( não por influência do presidente eleito)

Na gravação, Haddad, enquanto candidato a vice-presidente, diz que “vai fazer do Lula presidente e subir a rampa com ele dia 1º de janeiro”. Quem compartilha a mensagem fica a pensar que Haddad teria poder para SOLTAR Lula para que ele assistisse a posse