Tribunal nega recurso e põe Zé Dirceu mais próximo da cadeia da Lava Jato

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) rejeitou embargos infringentes do ex-ministro José Dirceu contra decisão que o condenou a 30 anos e 9 meses na Operação Lava Jato. O petista foi preso no dia 3 de agosto de 2015. Em maio do ano passado, foi solto por decisão do Supremo Tribunal Federal. Com a decisão do TRF-4, ele fica mais próximo de retornar à prisão, desta vez, para execução de sua pena.

Ao proclamar a decisão, a vice-presidente da Corte, Fátima Labarrere, fez constar que os desembargadores votaram para, ‘determinar quando houver o esgotamento da jurisdição ordinária’ do TRF-4, a ‘imediata comunicação para o juízo de origem para o início da execução provisória das penas com expedição pelo mandados de prisão nos termos da fundamentação’. ( Estadão)