Tutorial do Ministério da Saúde -Como fazer máscara caseira

O Ministério da Saúde divulgou um tutorial para que as pessoas façam em casa máscaras de proteção, caso precisem sair. A corrida às farmácias e fornecedores para comprar o item no começo da pandemia, fez com que o produto sumisse das prateleiras.

Segundo a pasta, a compra com fornecedores nacionais e internacionais, em grandes quantidades, está sendo realizada para garantir a proteção dos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.

De acordo com o Ministério da Saúde, a confecção de máscaras caseiras está cada vez maior e a qualquer pessoa pode fazer a sua. Por isso, a pasta vai lançar a campanha digital pela mobilização da população na fabricação das próprias máscaras de pano.

Mas a máscara caseira precisa seguir umas especificações, simples. Ela deve ter duas camadas de pano e ser individual, não podendo ser dividida com outras pessoas. O tecido pode ser de algodão, tricoline ou TNT e higienizadas corretamente. O produto deve cobrir totalmente a boca e o nariz e ser bem ajustado ao rosto, não deixando espaço nas laterais.

“Você pode fazer uma máscara ‘barreira’ usando um tecido grosso, com duas faces. Não precisa de especificações técnicas. Ela faz uma barreira tão boa quanto às outras máscaras. A diferença é que ela tem que ser lavada pelo próprio indivíduo para que se possa manter o autocuidado. Se ficar úmida tem que ser trocada. Pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 20 minutos. E nunca compartilhar, porque o uso é individual”, explica o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Orientações:

  • Como a máscara é individual, cada pessoa da família precisa ter a sua. Ainda mais se ela for grande.
  • A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo é preciso trocar. O ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano.
  • É importante ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto;
  • Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar.
  • Quando chegar em casa é preciso lavar as máscaras com água e sabão ou água sanitária. Deixe de molho por cerca de dez minutos.
  • Qualquer pedaço de tecido serve e também pode desmanchar camisa velha, calça antiga, cueca, cortina, o que for.

Como fazer?

  • Corte a camiseta e espessura dupla usando como base as marcações indicadas na figura;
  • Faça um ponto de segurança na parte inferior (para segurar ambas as toalha)
  • Insira um papel entre as camadas
  • Amarre a alça superior ao redor do pescoço, passando por cima das orelhas
  • Amarre a alça inferior na direção do topo da cabeça;
  • Separe o tecido que tenha disponível (tecido de algodão, tricoline, TNT, outros têxteis), se possível, dê preferência ao tricoline
  • Faça um molde em papel de forma no qual o tamanho da máscara permita cobrir a boca e nariz, 21 cm altura e 34 cm largura
  • Faça a máscara usando duplo tecido
  • Prenda e costure na extremidade da máscara um elástico ou amarras