Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Um dólar por vacina – 400 milhões de doses

Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, disse que o diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, cobrou a propina em um jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal, no dia 25 de fevereiro.
Roberto Ferreira Dias foi demitido nesta terça- feira. Ricardo Barros nega ter indicado ele e afirma:

“Em relação à matéria da Folha, reitero que Roberto Ferreira Dias teve sua nomeação no Ministério da Saúde no início da atual gestão presidencial, em 2019, quando não estava alinhado ao governo. Assim, repito, não é minha indicação. Desconheço totalmente a denúncia da Davati”

QUEIROGA DEMITIU HOJE, ROBERTO FERREIRA DIAS. ROBERTO FOI ACUSADO DE FAZER A PROPOSTA DA PROPINA DE UM DÓLAR POR VACINA

O denunciante diz que pode provar a ida ao restaurante com as imagens gravadas,

Integrantes da CPI afirmam que vão chamar Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, para depor na comissão no Senado.