Vacina chinesa testada em voluntários brasileiros tem bons resultados

Vacina chinesa testada em voluntários brasileiros tem bons resultados

A vacina desenvolvida pelo laboratório chinês SinoVac foi aplicado em cerca de 9 mil voluntários brasileiros selecionados pelo Instituto Butantan, e desenvolveu imunidade contra o coronavírus em 97% dos casos.

Além disso,os poucos voluntários que sentiram efeitos colaterais, sentiram apenas dor no local da picada. Isso significa que a vacina é segura e eficaz. Os resultados são animadores.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, comentou os resultados dizendo que “a vacina provou que é segura, ainda faltam mais alguns dados a serem publicados, mas os que temos até agora mostram que ela tem grandes resultados”

Apesar do sucesso, é preciso cautela. Como tem pouco tempo que os voluntários tomaram a vacina, (em julho) não se sabe se eles terão algum efeito colateral ou quantas doses serão necessárias ou se a imunidade tem prazo de validade.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que o índice de segurança da vacina produzida na China contra o coronavírus é similar à da gripe.

O estado de São Paulo tem convênio com o laboratório chinês para desenvolver a vacina e fabricá-la por meio do Instituto Butantan.

“Levamos à Anvisa resultados adicionais de estudos de segurança produzidos na China. Se apresentou 24 mil voluntários vacinados, com perfil de segurança dos melhores entre as vacinas. Apenas 5% de efeito colaterais, 3% de efeitos colaterais de efeito mais grave que foi dor no local da aplicação e 0,18% de manifestações febris. Um perfil de segurança muito próximo à nova vacina da Influenza”, disse Dimas Covas. (Artur Rodrigues)