Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Veja o estrago petralha na educação: professora defende pixação em obra de arte

Parte do conjunto arquitetônico formado pelo Iate Tênis Clube, o Museu de Arte Moderna e a Casa do Baile, a igrejinha de São Francisco de Assis na Pampulha, foi alvo de pichadores na madrugada desta segunda (21). Uma das quatro estruturas assinadas por Oscar Niemeyer amanheceu rabiscada em quatro de suas paredes. A Polícia Militar (PM) foi acionada pela Arquidiocese de Belo Horizonte, que registrou um boletim de ocorrência.
UMA “PROFESSORA” DEFENDE A PIXAÇÃO

 

One Comment
  1. Ela demonstra ser uma pessoa amarga, frustrada!! Lamento que num pais como o Brasil onde poucos valorizam a historia, uma professora “de historia” ter uma postura destas!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.