Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Venezuela: Leopoldo Lopez está desaparecido

 

 

O líder da oposição venezuelana, Leopoldo Lopez, está  teoricamente preso, mas os familiares não têm notícias e nem pode visita-lo.

Eduardo Leopoldo López Mendoza é um político e economista venezuelano. Foi prefeito do município de Chacao de Caracas, de 2000 a 2008, depois de ser eleito para o cargo por dois períodos consecutivos.

Em 2014, Leopoldo  foi julgado por  realizar  protestos contra Nicolás Maduro em 2014 e foi  condenado a 13 anos de prisão.

A juíza boliviana, Susana Barreiros,  condenou Leopoldo a 13 anos, 9 meses e 7 dias. Local da reclusão Ramo Verde.

López permanece detido desde 18 de fevereiro de 2014, mas desde a última sexta-feira 31/10,  as autoridades venezuelanas  não permitem visitas  de familiares   e não dão notícias dele.

MENSAGENS NO TWITTER, POSTADAS  NESTA QUARTA-FEIRA (02/11):

Desde da última sexta-feira (31/10) a esposa de Leopoldo, Lilian Tintori, ,  não tem notícias dele. Assista o vídeo:

JORGE RORIZ