Jorge Roriz – Jornalismo de Excelência

Vídeo de desabafo de Mulher em Manaus é tirado de contexto para vitimar Bolsonaro

Um vídeo compartilhado no WhatsApp e no Facebook tira de contexto o desabafo de uma mulher em Manaus para espalhar uma teoria da conspiração sobre a pandemia de covid-19.

O vídeo tem sido compartilhado no Facebook com uma legenda que falsamente aponta a mulher como uma “enfermeira indignada” que teria dito que “a ordem é entubar todos os pacientes e depois baixar o oxigênio, para aumentar os números de mortes e justificar o lockdown, para quebrar a economia e tentar desestabilizar o governo federal”. No vídeo, no entanto, não é possível ouvir a mulher dizer nada disso.

O portal G1 informou na matéria “Familiares dizem que hospital em Manaus reduziu oxigênio de pacientes com Covid-19” que a mulher mostrada no vídeo era acompanhante, não enfermeira, de um homem internado com covid-19 no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, em Manaus. Ela e outros visitantes da unidade de saúde afirmaram ter visto quando uma enfermeira reduziu o nível de oxigênio dos pacientes. Ao reclamarem contra a situação, teriam sido retirados do hospital. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde disse ao G1 que o Estado operava com limitação de oxigênio e que as unidades de saúde adotaram um novo protocolo para “uso racional de oxigênio”.