Temer resiste e vai partir para o enfrentamento

A portas fechadas, Temer usou termos como “conspiração” e “ação orquestrada” para se referir ao vazamento das delações do empresário Joesley Batista e de ex-executivos da JBS. O governo responsabilizou a Procuradoria-Geral da República pela divulgação dos depoimentos. Irritado, Temer disse que toda vez que a economia dá sinais de recuperação, aparece delação.

Não sou homem de cair de joelhos. Caio de pé”, afirmou Temer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *